6 dicas mais simples que ajudam a emagrecer rápido



Não é preciso uma dieta maluca para atingir o peso que tanto quer. Há métodos bem mais simples e eficazes.

A dieta da maçã, a dieta do guerreiro, a dieta do ovo e até a que tem por base o leite — já perdemos conta ao número de dietas que existem.

A maioria, como as anteriores, ficam conhecidas por ajudarem a perder peso de forma rápida e eficaz.

Mas há dois problemas: primeiro, contêm sempre muitas restrições; em segundo lugar, não ajudam a ganhar novos hábitos alimentares.

Resultado: passado uns meses voltamos a recuperar os quilos perdidos. E não tem de ser assim.

Não é preciso pôr em prática métodos malucos para atingir o peso que tanto quer.

Há dicas bem mais simples e menos dolorosas que pode aplicar diariamente e tirar benefício delas.

Para perceber o quão simples são, uma das que está na lista NiT é não saltar a primeira refeição da manhã.

Acredite ou não, vai fazer toda a diferença.

Quer mais uma?

Experimente utilizar pratos mais pequenos às refeições. Isso vai fazer com que seja mais moderado e que não tenha, como se diz em linguagem popular, “mais olhos do que barriga”.

De acordo com a nutricionista Maria Gama,  aplicar as seis regras que temos para partilhar é uma grande ajuda para quem quer emagrecer.

No fundo, são regras que não dão trabalho e que se tornam parte da rotina naturalmente.

Agora que já percebeu como é fácil e, provavelmente, ficou mais motivado, pode ver as seis dicas mais simples de sempre para perder peso.

1.Planear as refeições

Sabia que tomar nota de todas as refeições que quer fazer pode ser uma ótima forma de organizar o dia a dia alimentar?

Nem todos os dias vai conseguir, bem sabemos disso.

Porém, pode, por exemplo, organizar tudo apenas três por semana e define logo esses dias.

No fundo, escreve aquilo que quer fazer mas também aquilo que realmente fez.

Ou seja, as asneiras estão incluídas e deve escrevê-las a vermelho.

Assim, tem mais noção do que come durante a semana e daquilo que precisa de alterar.

Parecendo que não, isto vai ajudá-lo e muito no processo de emagrecimento.


2.Não estar sempre a pensar na balança

Segundo a especialista, não se deve pesar todos os dias, já que isso acaba por trazer ansiedade e uma pressão constante durante toda a semana.

O truque está em definir apenas um dia por semana para se pesar ou combinar com o nutricionista quando o fazer.

3.Não pensar no que não pode comer

A frase popular “O fruto proibido é o mais apetecido” não apareceu por acaso. Isto aplica-se a muita coisa, incluindo a alimentação.

Ou seja, quando sabemos que não podemos (ou não devemos) comer uma coisa, mais queremos fazê-lo.

A boa notícia é que pode arranjar estratégias que o ajudem a comer o que mais gosta mas de forma saudável.

Por exemplo, se é viciado em chocolates, a NiT já lhe deu várias receitas em que pode ingeri-lo sem culpa, como mousse e brownies fit, Nutella falsa, panquecas ou ainda trufas.

Se o problema é simplesmente sentir falta de algo doce, a manteiga de amendoim é uma boa opção saudável.

4.Não saltar a primeira refeição do dia

“A desculpa de que não tem fome logo de manhã não é aceitável.

Se não lhe apetece comer logo muito, comece por um iogurte e vá aumentando mais qualquer coisa todos os dias.

Um dia adiciona uma colher de sopa de flocos de aveia e por aí em diante.

Caso contrário, acaba o dia cheio de fome e come o que não deve”, explica à NiT a especialista.

5.Comer várias vezes ao dia

Esta dica não é nova, mas é tão simples que nem se lembra de aplicá-la, não é?

Bem sabemos que é complicado preparar snacks para todos os dias durante a semana.

Porém, se arranjar uma hora de domingo para deixar tudo pronto não tem com o que se preocupar durante a semana.

Além disso, garante que não vai ter de recorrer a uma pastelaria onde, muito provavelmente, acaba por escolher algo menos saudável.

6.Utilizar pratos mais pequenos às refeições

Sabia que a utilização de pratos mais pequenos está associado a uma ingestão menor de alimentos?

A verdade é que tendo um prato maior, acabamos sempre por colocar mais do que devemos.

O ideal será sempre começar com uma porção mais pequena e depois sim, se tiver fome, pôr mais um pouco no prato.

É um truque simples, mas muito eficaz.



Comentar

17 + treze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.